DESAFIOS E UM ANO PERDIDO ,

BOLSONARO METE A CANETA E RATIFICA A MP DA LIBERDADE ECONOMICA ,,ATRASO DE VIDA

JAIR BOLSONARO FAZ O QUE QUER DAQUI E POUCO FECHA O ANO ,,,E O POVO  NADA SAI DO PAPEL ,,,NAO GERAM EMPREGOS ,,A ECONOMIA PARADA O DESMONTE OCORRRE 24 HORAS COM O GURU PRINCIPE DE FUNDO DE PENSAO ,,,,PAULO GUEDES O BRASIL ESTA PROIBIDO DE CRESCER E BOLSONARO APERTA O DEDO PRA BABAR O OVO DO TRUMP,,,ATE QUANDO ,,

Image result for BOLSONARO

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) irá ratificar a Medida Provisória (MP) da Liberdade Econômica nesta sexta-feira (20). A previsão é de que a sanção ocorra às 15h. A medida busca reduzir os processos burocráticos e tornar mais simples a gestão e abertura de empresas. E-mail Inscreva-se A MP da Liberdade Econômica será de grande importância para os gestores de micro e pequenas empresas. Os donos desses tipos de empresa são os que compõem o maior número de negócios do Brasil. “A liberdade econômica elimina uma série de travas burocráticas, simplifica a vida do empreendedor e aumenta a expectativa de geração de empregos. É um eficiente antibiótico para debelar a burocracia que nos aprisionava à idade média da economia”, diz Carlos Melles, presidente do Sebrae. Veja também: Oi procura captar R$ 2,5 bilhões por meio de dívida garantida, diz jornal O presidente do Sebrae também destaca que é estimado que a medida aumente o nível de competitividade no mercado. Além disso, Melles diz que haverá uma maior geração de renda. O governo acredita que as novas medidas também impulsionarão o setor de empregos, gerando até 3,7 milhões de vagas em uma década. Aprovação da MP da Liberdade Econômica na Câmara No dia 13 de agosto, a Câmara dos Deputados aprovou o texto-base da MP da Liberdade Econômica. A votação contou com 345 votos favoráveis e 76 contrários. Foram analisados 17 requerimentos para votar emendas destacadas ou abandonar parte da proposta. Veja também: Governo deve liberar até R$ 14 bilhões do Orçamento, diz Paulo Guedes A votação da medida foi intermediada pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). O parlamentar retirou os itens desalinhados com o conteúdo primário idealizado na medida. A MP da Liberdade Econômica é uma das principais formas de desburocratizar o ambiente de negócios do País. Assim, a medida deve facilitar abertura e o fechamento de empresas, estimulando a atividade econômica. Relacionado MP da Liberdade Econômica é aprovada no Senado; trabalho aos domingos é retirado 22/08/2019 Em “Política” MP da Liberdade Econômica irá gerar 3,7 milhões de empregos, diz governo 14/08/2019 Em “Economia” Governo vai autorizar trabalho aos domingos e feriados 18/06/2019 ,,,VAI NESSA COMENTE ABAIXO ,,

HENRY

IPR






Leave a Reply